quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Internautas tentam fazer contato com vida fora da Terra


Até 24 de agosto, pessoas interessadas em uma experiência fora deste mundo podem visitar a página www.HelloFromEarth.net para publicar mensagens de até 160 caracteres que serão transmitidas ao Gliese 581d, planeta mais próximo fora do Sistema Solar.

Um site australiano está dando às mensagens de texto um toque intergaláctico, permitindo que os usuários enviem recados curtos ao espaço.

Cientistas acreditam que o planeta provavelmente deve ter condições de abrigar vida. O tempo de entrega previsto, contudo, é de quase 20 anos e não há garantias de uma resposta, alerta o site.

"É como uma 'mensagem em uma garrafa' enviada para as estrelas. O interessante não é apenas se há alguém ouvindo, mas o que o público dirá à vida inteligente de outro planeta", afirmou o porta-voz do projeto, o jornalista Wilson da Silva, que será o primeiro turista espacial brasileiro.

"O Hello From Earth é nosso modo de mostrar que a ciência pode tornar o impossível possível. Nós estivemos na Lua e agora podemos falar com as estrelas", acrescentou.

As mensagens, que serão transmitidas do Canberra Deep Space Communication Complex, com cooperação próxima da Nasa, a agência espacial norte-americana, são parte da Semana Nacional de Ciência da Austrália, que celebra as realizações científicas do país.

O ministro da Ciência da Austrália, Kim Carr, enviou a primeira mensagem para inaugurar o projeto.

"Olá da Austrália, no planeta que chamamos de Terra. Essas mensagens expressam os sonhos do nosso povo para o futuro. Nós queremos compartilhar estes sonhos com vocês", disse o ministro na mensagem. "Quando criança, eu, como muitos australianos, olhava as estrelas e me perguntava o que havia lá fora. Agora a ciência me permitiu enviar uma mensagem pessoal que pode responder essa questão", afirmou Carr.

Fonte: G1

Nenhum comentário: